terça-feira, outubro 01, 2013


A verdade é que houveram algumas antes de ti - e desculpa, mas provavelmente virão algumas depois também. Por vezes o amor não é um «para sempre», nem um «nunca senti isto por ninguém antes». Por vezes o amor é sem palavras. É um toque, é um olhar, é uma presença quando não há mais nenhuma. Mas mais do que tudo, o amor tem de ser no agora, e não no que foi ontem nem no que virá amanhã.

6 comentários:

  1. R.: Cat, o que faz parte de uma religião é o matrimónio, o casamento é puramente civil :) Mas concordo plenamente contigo na primeira parte do comentário!

    ResponderEliminar
  2. Lindo! Já pus um gosto na tua página :)

    ResponderEliminar
  3. é mesmo verdade, há muitas pessoas passam pela nossa vida e nos marcam (:

    ResponderEliminar